Pesquisar no Diário...

A carregar...
« »

Passaporte de um BOMBEIRO

Passaporte de um BOMBEIRO
Um espaço onde damos a conhecer bombeiros emigrados em todo o mundo!

04 abril 2015

Bombeiros despistam-se na A4 a caminho de incêndio

Três bombeiros, uma mulher e dois homens, com idades entre os 24 e os 30 anos, ficaram ligeiramente feridos este sábado ao início da noite, depois de o camião onde seguiam se ter despistado na A4. 

Os bombeiros, da corporação de Pedrouços, seguiam para um incêndio em Valongo e despistaram-se perto de Ermesinde.  

Os três bombeiros foram assistidos no local e acabaram por ser transportados para o hospital de São João no Porto.  

Para Valongo, foi acionada outra equipa. 

Fonte: Correio da Manhã 

03 abril 2015

TAGGED UNDER:

Combate a fogos florestais mobiliza mais de 370 bombeiros em Sever do Vouga, Albergaria e Arouca

Um fogo florestal que deflagou em Nogueira, Sever do Vouga, mobilizava pelas 18:50 300 operacionais (286 bombeiros) e 88 viaturas viaturas.

O alerta chegou pelas 6:49 na freguesia de Pessegueiro do Vouga. O forte vento que se faz sentir dificulta a resposta dos soldados da paz perante a projeção das chamas.

O fogo progrediu com intensidade, tendo passado a três frentes ativas que se aproximaram de zonas habitadas, obrigando à colocação de meios para defender as povoações, também envoltas em espessas nuvens de fumo (ler info).

Durante o dia estiveram envolvidos no combate às chamas meios áreos (dois helicópteros bombardeiros ligeiros).

A necessidade de render bombeiros levou a acionar o Grupos de Reforços para Combate a Incêndios Florestais, vindos de Coimbra e Porto mas também da força especial dos bombeiros.

As chamas passaram de Sever do Vouga para Vale Maior, no concelho de Albergaria-A-Velha onde os lugares de Mouquim e Vila Nova de Fusos eram as que implicavam mais cuidados. Um infantário foi evacuado por prevenção, assim como alguns residentes idosos precavendo problemas devido ao fumo.

A GNR está a orientar o trânsito nas zonas mais atingidas, sendo que o acesso do carvoeiro da A25 merece igualmente atenção devido à fraca visibilidade, que obrigou mesmo a cortar a circulação.

Os bombeiros, às 19:00, continuavam a enfrentar muitas dificuldades, embora conseguindo fazer alguns progressos. O Segundo Comandante Operacional Distrital de Aveiro (CODIS), Manuel Pinheiro, acreditava que duas frentes estariam "a ceder aos meios". 

A frente do Carvoeiro continuava a ser a mais preocupante, obrigando a posicionar os meios. E na retaguarda, o fogo passou o rio Vouga para o lado de Paradela, estando a mobilizar bombeiros para o local.

Em Arouca, no lugar da Borralheira, deflarou outro incêndio florestal pelas 18:50, que estava a ser combatido por 90 bombeiros com 30 viaturas. Lavrava com três frentes ativas (ler info).

Bombeiros de Santarém e Leiria foram mobilizados para apoiar o combate às chamas.

(em atualização)

Notícias de Aveiro

Incendiário identificado após atear fogo a mato em Oliveira de Azeméis

Militares da GNR de Oliveira de Azeméis identificaram ontem um individuo de 31 anos suspeito de fogo posto em incêndio florestal em Ponte Nova e Nossa Senhora da Ribeiro, freguesia de Pinheiro da Bemposta.

"Ainda no decorrer do incêndio, a patrulha desenvolveu diligências junto dos populares, os quais forneceram informações que permitiram a identificação do suspeito", refere um comunicado.

Segundo a GNR, o homem "confessou o crime, foi constituído arguido e entregue à Polícia Judiciária do Porto".

Notícias de Aveiro

TAGGED UNDER:

Bombeiros apelam a contribuições através do IRS

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Beja apela às doações através do preenchimento do IRS, onde cada cidadão pode consignar uma percentagem de 0,5% do imposto.


Para pedir à administração fiscal que uma parte do imposto seja entregue directamente a uma instituição, basta indicar essa opção no quadro 9, do anexo H, no campo 901 onde colocará o número de contribuinte da Instituição. Esta indicação é opcional e não acarreta qualquer pagamento adicional de imposto aos contribuintes.

António Rodeia Machado, presidente da direcção, deixou o apelo na Rádio Pax. Relativamente a 2014, os Bombeiros de Beja receberam cerca de 8 mil euros. “Uma verba importante e que é destinada à compra de fardamento e equipamento de segurança”, diz o presidente da Associação.

As contribuições para os Bombeiros de Beja podem ser feitas através do número de contribuinte 501 072 357.

Rádio PAX

TAGGED UNDER:

Presidente da ANPC está em Moura

O presidente da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), major-general Francisco Grave Pereira, visita hoje Moura a convite do presidente da autarquia.


Na deslocação é acompanhado pelo comandante nacional de Operações de Socorro e pelo comandante operacional do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja.

Em cima da mesa estão os problemas relativos ao reforço das medidas de protecção civil no concelho, nomeadamente de prevenção de incêndios em áreas florestais como o baldio das ferrarias e a herdade da contenda. A revelação foi feita por Santiago Macias, presidente da Câmara de Moura.

Fonte: Rádio PAX

Marinha alerta para aspectos da segurança nas praias fora da época balnear

A Marinha portuguesa emitiu hoje um comunicado, a alerta para os aspectos de segurança nas praias fora da época balnear.
A Marinha lembra que a actual moldura jurídica aplicável "determina a obrigatoriedade da permanência de nadadores salvadores nas praias concessionadas/vigiadas apenas durante a época balnear de cada ano, situação que varia ao longo do país".
Para evitar a ocorrência de acidentes, a Autoridade Marítima Nacional, através do Instituto de Socorros a Náufragos, alerta todas as pessoas que frequentem as praias nos próximos dias, "para a necessidade de adoptarem uma cultura de segurança, que tenham cuidados redobrados se estiverem junto da linha de água, em virtude de não existirem nadadores salvadores nem qualquer tipo de sinalização relativamente ao estado de perigosidade do mar".
Há três regras fundamentais, recordadas pela Marinha: vigie as suas crianças permanentemente e a uma distância próxima, não as deixando brincar junto da linha de água; em caso de dúvida pelo estado do mar, não arrisque e não tome banho, respeite um intervalo de 3 horas após uma refeição normal antes de tomar banho.
Fonte: DNotícias.pt

TAGGED UNDER:

Mais de 600 operacionais combatem chamas às 17

Oito incêndios florestais estão hoje à tarde, às 17:00, a mobilizar mais de 600 operacionais e três meios aéreos nos distritos de Aveiro, Viseu, Vila Real, Porto, Braga e Leiria, informa a Proteção Civil (ANPC) na sua página na internet.

Segundo dados disponibilizados às 17:00, o incêndio de maiores proporções lavra em três frentes, em Nogueira, Sever do Vouga, no distrito de Aveiro.
O incêndio teve início pelas 06:49 de hoje, numa área de floresta, e está a ser combatido por 290 elementos, 86 viaturas e dois helicópteros.
Ainda no distrito de Aveiro, em Borralheira, no concelho de Arouca, está ativo um fogo com três frentes, que começou pelas 14:00 e envolve no seu combate 63 operacionais e 19 veículos.
Em Montalegre, no distrito de Vila Real, 38 homens e nove viaturas apagam as chamas em Fafião e Outeiro, no Parque Natural da Peneda-Gerês.
Em Perafita, Penafiel, no distrito do Porto, o incêndio está a ser combatido por 29 homens e nove veículos.
No distrito de Leiria, em Pombal, 100 operacionais e 28 veículos estão envolvidos no ataque a um incêndio que começou pelas 14:59 na zona de mato de São Simão de Litém, segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria.
Um total de 114 homens, 30 viaturas e um helicóptero apagam as chamas em Quintãs, Viseu. O fogo começou pelas 11:43 numa zona de floresta, segundo a ANPC.
No distrito de Braga, em Vilar, Vila Nova de Famalicão, decorria um incêndio desde as 13:35, mas foi dado como dominado pouco depois das 17:00.
Fonte: RTP

TAGGED UNDER:

Duas pessoas morreram afogadas no mar na Figueira da Foz

Duas pessoas morreram hoje afogadas junto à praia da Figueira da Foz, disse à agência Lusa uma fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra.

Segundo a fonte, as vítimas morreram em circunstâncias ainda por esclarecer, pouco depois das 15:30, desconhecendo-se se estavam a tomar banho "ou se terão caído ao mar" quando andavam na zona do molhe norte da cidade, no distrito de Coimbra.
O comandante dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz, João Moreira, afirmou à Lusa que os corpos já foram resgatados, devendo ser levados da praia por duas ambulâncias da associação.
A fonte do CDOS disse que os náufragos foram resgatados por elementos da Capitania do Porto da Figueira da Foz, com auxílio de um bote e uma mota de água.
Lusa

TAGGED UNDER:

Meios aéreos combatem as chamas em Albergaria



Um incêndio com três frentes ativas que começou em Sever do Vouga alastrou a Albergaria-a-Velha e chegou a ameaçar várias casas. O combate às chamas, puxadas pelo vento forte, mobiliza 290 bombeiros.


As chamas rodearam algumas casas na aldeia de Vila Nova de Fusos, concelho de Albergaria-a-Velha, e alguns aviários da zona. No entanto, os bombeiros conseguiram manter a salvo todas as edificações.

De manhã, o incêndio era visível a mais de 30 quilómetros, à entrada de Aveiro. O vento, muito forte, está a puxar pelas chamas e a dificultar o trabalho dos bombeiros.

O fogo deflagrou numa zona florestal de Nogueira, no concelho aveirense de Sever do Vouga, às 6.49 horas da manhã desta quinta-feira.

Alimentadas pelo vento, as chamas alastraram ao concelho deAlbergaria-a-Velha. Às 10 horas, o incêndio tinha três frentes ativas.

Segundo a Proteção Civil, foi acionado, às 11 horas, o Grupo de Reforço para Combate a Incêndios Florestais (GRIF01) de Coimbra e, oito minutos depois, um helicóptero ligeiro de ataque inicial. O primeiro estava em ação desde as 9.25.

Fonte: JN

TAGGED UNDER:

Fogo em Sever do Vouga combatido por 200 bombeiros

Incêndio tem três fontes ativas e já alastrou ao concelho vizinho de Albergaria-a-Velha.

Um incêndio florestal, no concelho de Sever do Vouga, no distrito de Aveiro, está, desde cerca das 6.50, a ser combatido por 200 bombeiros e dois helicópteros, informou fonte dos bombeiros.

Segundo a mesma fonte, o incêndio apresentava cerca das 12:00 três frentes ativas, tendo alastrado já ao concelho vizinho de Albergaria-a-Velha.

"O incêndio está com grande intensidade junto às povoações de Mouquim e Valemaior e está a arder em eucaliptal. Estamos a colocar meios para defender as povoações", disse à Lusa o segundo Comandante Operacional Distrital de Aveiro, Manuel Pinheiro.

Segundo a mesma fonte, o combate às chamas está a ser dificultado pelo forte vento que se faz sentir no local.

No local, estão 200 homens apoiados por 55 viaturas e dois helicópteros bombardeiros ligeiros.

Entretanto, no distrito de Viseu lavravam às 12.00 de hoje dois incêndios, de acordo com o sítio da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) na internet.

Um fogo que queimou mato desde as 20.25 de quarta-feira, em duas frentes, na Póvoa de Montemuro, no concelho de Castro Daire, foi dado como dominado às 12:25.

O fogo era combatido às 12:00 por 131 operacionais, ajudados por 27 veículos e um helicóptero bombardeiro ligeiro.

Em Mogueirões, no concelho de Vizela, lavra desde as 07:45 um incêndio em mato, que está a ser combatido por um total de 25 operacionais, ajudados por sete veículos.

Às 11:00, segundo a ANPC, estavam ativos seis incêndios em Portugal continental.

Na quarta-feira foi registado um total de 102 ocorrências.

Fonte: DN

28 março 2015

TAGGED UNDER: ,

Jovem bombeiro de Tábua morre em despiste de automóvel

Um jovem bombeiros de 20 anos morreu, pelas 21H30, num despiste de automóvel no concelho de Tábua.

O acidente ocorreu numa estrada municipal entre S. João da Boavista e Tábua.

Segundo adiantou à CentroTV o comandante Diogo dos bombeiros de Tábua, o jovem entrou em paragem cardiorrespiratória no local acidente e “infelizmente já não foi possível reverter e foi declarado o óbito”.

O jovem João Mendes ter-se-á despistado sozinho e o seu carro particular capotou.

Esta morte causou grande consternação nos bombeiros tabuenses, encontrando-se psicólogos no quartel a prestar apoio aos colegas do bombeiros falecido.

Fonte: CentroTV

Proudly Powered by António Cunha Santos